TechzonePT – Instalar / remover programas em MacosX

Por 96khz (publicado em 24-12-2006 no forum da Techzonept.com) e editado pela equipa do iswitch.

É curioso que devido aos métodos de trabalho que adquirimos ao longo do tempo, passamos a considerar a forma como fazemos intuitiva, mesmo que esta não o seja, e tendemos a ter algumas dificuldades em compreender novas abordagens.
Tenho vários alunos que, nas primeiras abordagens ao Mac OS X “esbarram” com o mesmo problema, tentam correr as aplicações directamente do .dmg e, como este normalmente é apenas de leitura, ou não deixa a aplicação correr (caso esta necessite de escrever no directório) ou corre mas com problemas. Nós (utilizadores Mac) também estamos habituados a alguns procedimentos pouco intuitivos e nem pensamos neles… adiante…

Preparação:
As directorias do MAcOSX estão arrumadas por uma ordem hierárquica. Na raiz do sistema estão as directorias transversais e de sistema, e nas directorias de utilizador (//users/nome_de_utilizador), estão os ficheiros de cada utilizador configurado na máquina (e a pasta de partilha (//users/share))

A pasta Applications é a pasta central de sistema para onde se deve instalar tudo o que é aplicação, por uma questão de arrumação, já que é uma pasta transversal a todos os users, ou seja, depois de instalada nesta pasta,garante-se que a aplicação fica disponível para todos os utilizadores. Esta pasta fica na raiz do disco do sistema.

clicar para ampliar
1. pasta onde se deve instalar as aplicações

Se o utilizador pretender instalar um programa só para si, deverá usar a pasta applications que está disponível na sua pasta de utilizador (//users/nome_do_utilizador/applications).

Para obter as aplicações:

Se pensarmos no funcionamento do OS X, este faz algum sentido na instalação de aplicações:

1. Fazemos o download de um ficheiro DMG*

Clicar para ampliar
2. ficheiro DMG* descarregado da Intenet. Fazer duploclique para montar no desktop

2. O OS X monta de forma automática numa drive virtual a respectiva unidade de armazenamento (O OS X abre (e escreve) ficheiros de imagens DMG/ISO/etc de forma nativa (em Windows será necessário uma aplicação como o Daemon Tools)).

3. Esta aparece no Desktop e My Computer tal como acontece quando compramos um software e inserimos o CD/DVD para proceder à instalação.

DMG significa (embora de forma pouco intuitiva!) Disk iMaGe e é, para todos os efeitos similar a um ficheiro .ISO, CUE/BIN, etc. ou seja, uma “imagem” (cópia) completa de um determinado dispositivo de armazenamento (disco duro, CD/DVD, Pen, etc.).

Para instalar as aplicações:

Outra diferença fundamental reside no póprio método de instalação e desinstalação. A maior parte das aplicações mais simples não possui instalador, bastando para isso arrastar o ícone da mesma para a pasta das aplicações ou para outra qualquer (a pasta das aplicações é, óbviamente recomendada).

Clicar para ampliar
3. Arrastar o icone da aplicação a instalar para a pasta Applications

Outro tipo de software mais pesado (como os da Adobe/Macromedia, etc.) possuem instalador, uma vez que instalam vários ficheiros de suporte (normalmente em /Library/Application Support).

Clicar para ampliar
4. Pasta de aplicações com a nova aplicação disponível

Finalmente depois da aplicação instalada basta ejectar o DMG que está montado como se de um cd se tratasse, seleccionando Eject do menu contextual que se obtém clicando com o botão direito do rato (Command+bt esquerdo) em cima do icone do dmg

Clicar para ampliar
5. Ejectar o DMG do desktop

O ícone da aplicação não é a aplicação em si, mas sim uma pasta, que se comporta como um executável quando clicado. No OS X, as aplicações são normalmente disponibilizadas numa pasta com extensão .app (Firefox.app). Se clicarmos com o botão direito na mesma (ou Control – Click), podemos seleccionar “Show Package Contents” e ver o conteúdo da mesma: o próprio ficheiro executável e os ficheiros de suporte.

Clicar para ampliar
6. Aceder ao conteúdo da pasta da aplicação

Desta forma, fica tudo mais escondido e arrumado para o utilizador comum.

Para desinstalar aplicações:

Uma vez que os ficheiros das aplicações se encontram em pastas bem definidas e que não é necessário configurar nenhum ficheiro como o Registry, normalmente não existem desinstaladores para Mac, a não ser em situações como drivers de hardware que necessitam de ser instalados em pastas específicas do sistema operativo. Em todas as outras situações, bastará arrastar a pasta (icone) da aplicação em causa (e eventualmente em Library/Application Support) para o lixo. (tão simples como instalar!)

icone da pasta applicationsÁrea Mac na Techzonept.com
Discussão no Forum TechzonePT

Leave a Reply