Bootcamp e Parallels… isto o que é, e funciona?

Sim, adequado às suas necessidades (actualizado)

Começaremos com uma explicação básica do que está por detrás de cada um deles…

1- Opção de BOOT, conhecida como dual boot permite ao utilizador no arranque seleccionar qual o sistema operativo que vai usar naquele momento. Poderá ter 2 ou mais sistemas instalados, sendo todos exlcusivos ou seja, quando se está num dos sistemas os outros não estão activos, sendo por isso uma solução que garante 100% dos recursos de hardware dedicados ao software em curso.

2- Na Virtualização usa-se um programa que simula uma layer de gestão de hardware, e que controla os recursos de hardware determinados pelo utilizador, permitindo simular um computador dentro de outro computador, daí chamar-se também de máquina virtual.  Neste caso existe um sistema operativo Host, e um Sistema operativo (podem ser o mesmo) hospedado, havendo por isso uma partilha de recursos entre os dois.

Passando à prática , o Bootcamp foi criado pela Apple para permitir a instalação nos computadores com processador INTEL de uma opção de boot adicional (Opção 1) uma vez que o seu sistema de gestão de recursos de hardware (EFI) é deiferente do sistema interpretado pelo windows / Linux (BIOS), sendo que num futuro proximo se preveja a reunião dos dois já que o windows Vista e o Linux também suportam EFI.

Basicamente é um programa que permite na altura do arranque do hardware o utilizador seleccionar qual o sistema operativo onde vai trabalhar, havendo a opção (até agora) de se instalar um windows XP (O windows Vista também será suportado).

Além deste programa que está disponível apenas por download gratuito (vindo de raiz com a futura versão do MacOSX- Leopard), a Apple disponibiliza todas as drivers (controladores do hardware ao nível do sistema) necessárias para poder funcionar com todos os recursos físicos do seu MAC.

Quer seja para jogos, aplicações 3D ou outras que exijam muitos recursos, esta é a opção a tomar. Todo o seu computador ficará a trabalhar como um vulgar PC com windows garantindo 100% de compatibilidade com os seus trabalhos actuais.

A opção por uma máquina Virtual PC, ou Parallels, deverá ser tomada quando precisar de um software que não exigirá muito do seu computador, já que os recursos serão repartidos entre o seu sistema hospedeiro e o sistema virtualizado. Além disso as máquinas virtuais, apesar de terem evoluído a um ritmo espectacular (sendo usadas em ambientes de servidor para multi-utilizadores na internet por exemplo) ainda não conseguem controlar todas as capacidades do hardware, como por exemplo a aceleração gráfica 3d permitida pela placa gráfica do seu computador.

ATENÇÃO:

Podemos ter os dois sistemas instalados no mesmo computador, mas exigirá sempre instalações independentes do sistema operativo não se podendo usar uma mesma instalação para os dois tipos de utilizaão Com a última versão do Parallels (AINDA EM BETA- ATENÇÃO QUE NÃO SE OBTÉM NO LINK PARA DOWNLOAD DISPONÍVEL NA PÁGINA DE ENTRADA DO PARALLELS MAS SIM NOUTRA PÁGINA Build 3120) já é possível correr uma única instalação do windows XP nas duas formas o que poupa enormes recursos essencialmente ao nível de espaço em disco! (por favor leia o manual da versão do Parallels que explica como fazer)

– Nem o Bootcamp, nem a solução de virtualização seleccionada posseum o windows ou outro sistema operativo incluído nem mesmo sob forma de licença de utilização o que implica sempre a aquisição deste sistema.

BOOTCAMP
Vantagens:

– Total dedicação dos recursos do seu computador
– Gratuito (para já)

Desvantagens:

– Necessidade de reiniciar o computador para mudar de sistema operativo
– Usando os modelos de formatação nativos (NTFS e HFS) existe dificuldade na passagem dos dados entre os dois, sendo aconselhado o uso de uma chave externa USB
– Previsto para instalação de apenas um sistema operativo alternativo
– Apenas windows XP (constantemente em revisão)

MÁQUINA VIRTUAL (Parallels)
Vantagens:

– Simplicidade de utilização
– Facilidade de instalação de segundo sistema Operativo
– Possibilidade de instalar vários sistemas operativos em simultãneo, todos diferentes, ou semelhantes.
– Possibilidade de troca directa de ficheiros mediante pasta partilhada entre todos

Desvantagens:

– Preço
– Impossibilidade de utilização de 3d
– Recursos partilhados em exclusividade, que deixam de estar acessíveis no sistema operativo hospedeiro (configurável)

Conselho de utilização

– Se pretende jogar ou correr aplicações que usem intensivamente os recursos de hardware disponíveis, aconselhamos a utilização do Bootcamp
– Se pretende apenas ter a garantia que poderá aceder a ficheiros produzidos em windows ou aceder a conteúdos formatados exclusivamente para Windows (e.g. páginas IE only), a solução de virtualização será a melhor opção

Links úteis e de referência
ACTUALIZAÇÕES

O Bootcamp foi recentemente actualizado para a sua versão 1.2 que permite a instalação do windows vista e dos seus drivers.

5 thoughts on “Bootcamp e Parallels… isto o que é, e funciona?

  1. tenho um imac e instalei o windows xp ja algum tempo, atraves do boot camp agora como instalo o parallels?Tenho que voltar a instalar o windows?

  2. Não… Instalas o Parallels e das duas uma…

    Se tens a drive do windows no desktop ele reconhece qual é a versão e cria-te uma máquina virtual a apontar para o disco do bootcamp.

    Se não tens ele assume que é um windows XP e faz o mesmo.

    Em alternativa podes criar uma nova máquina virtual usando a selecção de “custom” e quando te pede qual o disco, terás a opção de “boot camp drive” disponível…

    smile

    Quando arrancares ele instala-te uma série de ferramentas do parallels, e poderás ter algumas chatices com a activação do windows, já que como ele usa “hardware virtual” poderá surgir a necessidade de alterar a chave de autenticação do windows.

    Espero que tenha ajudado!

    JPCarvalhinho

  3. Li com atenção as cerca de 200 páginas do Parallels Desktop for Mac User Guide e não consegui perceber como correr uma única instalação do Windows XP nas duas formas. Devo estar muito loura…

    Pode alguém fazer luz sobre como proceder?

    Já tenho o XP instalado numa partiçaõ FAT32 criada pelo Install Boot Camp Assistant. Como é que o Parallels utiliza esta instalação? Ou é ao contrário e o Boot Camp é que “pega” no XP instalado pelo Parallels?

    Desde já grato pelo esclarecimento.

  4. Afinal não estava loura…

    Tinha descarregado uma versão a partir de uma ligação “try now” na página do Parallels que não permite a instalação única do XP (build 1970). Depois de procurar um pouco mais, acabei por perceber que havia uma outra versão, “release candidate” (build 3120) que tem essa possibilidade como novidade. E pronto já está…

  5. OK… inseri a dica no meio do texto que corrigia a versão anterior… não pus o link directo pois vai mudando… smile

Leave a Reply