Freelance Samurai – Comparativo Devonthink/Journaler/Voodopad Lite

  • Nome:

    Devonthink vs Journaler vs Voodopad lite

  • Configuração base:

    Sumário





    Devonthink, Voodopad e Journler. Um excelente comparativo traduzido a partir do site do Blog Freelance Samurai e que acaba com uma frase que diz tudo…

    Apenas peca por não ter dado uma hipótese real ao voodoopad mais crescido ou mesmo ao Pro, onde além de se puderem usar meta tags, importar imagens e fazer desenhos smile, inclui um webserver para fazer o deployment de um projecto por uma equipa com suporte para o Bonjour… claro que isto ia muito além do proposto… mas é só para avisar quem ler estas linhas que a Flying Meat tem versões mais avançadas do que a versão gratuita aqui apresentada

    voodoopad lite vs journaler vs devonthink

    Todas estas aplicações propoêm-se, como função principal, a fazer o mesmo: Ser o único repositório de informação, bloco de notas, escrita de blogs, etc. Vamos então compará-los num ambiente controlado!

    Não tenho qualquer expectativa de transformar este comparativo num teste profundo e detalahdo,ou, deus o proíba, a última palavra sobre este assunto. Tal como eu sou com sistemas operativo sou tendencialmente com as aplicações: acontença o que acontecer, eu adapto-me. Se deixar de me satisfazer, eu mudarei. Muito Zen. Mas para o vosso entertenimento geeky , aqui vai:

    Então o que eu espero da minha aplicação de escolha?

    0) Importação a aprtir de outros standards (xml, txt, estruturoa de directorios, whatever)

    1) Forma fácil e rápida de introduzir novas entradas

    2) Ordenação, quer seja manual com criação de etiquetas ou de forma automática interna

    3) Pesquisa rápida com resultados correctos

    4) Exportação para algo amigável e sem ambiguidades

    5) Introdução de conteúdo livre (tabelas, bullets, imagens ou partes de dados de outras aplicações)

    6) Facilidade na manipulação e alteração de dados (se eu de repente necessitar de mais uma coluna numa tabela?)

    7) Salvaguarda automática

    8) BAckups automáticos

    O que seria a cereja no topo do bolo?

    1) importar PDFs e ser possível manipulá-los introduzindo higlights, adicionar notas ou desenhar em cima

    2) se impossível pelo menos um link para pdfs alterados com o SKIM

    Okay, as coisas não começam muito bem. Nenhuma das aplicações foi capaz de importar um XML com uma batelada de notas do Evernote (uma aplicação freeware para windows que propõe exactamente o mesmo que estas 3 ferramentas para macosx). O meu primeiro plano falhou miseravelmente… Esperava ter tudo a funcionar com um conjunto existente de “notas reais”. Parece que não é possível com CML por isso fico-me pela importação de estruturas de directórios com vários ficheiros em cada directoria.

    Então criei uma directoria com um conjunto de ficheiros variados, incluíndo RTF’s, PDFS, XLS, DOC e HTML. (com uma directoria acessória com imagens e outros só para ver como a aplicação reage). Reconheço que estou a pedir o impossível com alguns formatos de ficheiros, mas estou a usar os formatos do meu dia-a-dia, por isso parece-me razoável.

    Certo vamos a isto!

    O Journler importou a estrutura de directório sem problemas. No entanto não foi capaz de apresenta o XLS e o HTML (!) no seu painel de edição/antevisão, o que é realmente estranho. Cada HTML é um link para o mesmo ficheiro HTML no discorígido, e assim tem que clicar o que não oferece uma antevisão mas sim abre o browser e apresentar a página. É realmente idiota nos dias de hoje. Os ficheiros PDF foram carregados mas não são visíveis de imediato no painel de antevisão. Em vez disso, tem de clicar para exibi-los. Mais uma vez: idiota. Não catalogou ou etiquetou qualquer dado, a estrutura está visível no painel da esquerda, mas não foi criado qualquer metadado. Procurar por documentos é certeiro tal como no Devonthink

    Voodoopad Lite não importa nada. Ponto final. Se pretende importar terá que comprar a versão completa. Uma vez que já comprei o Devonthink, não estou em maré de gastar mais algum simplesmente para ver se funciona.

    O Devonthink foi capaz de imitar a estrutura de directorio e manter as coisas organizadas como o Journler. Falhou no reconhecimento da pasta de HTML associada por isso não o apresentou correctamente. No entanto não importou de todo o ficheiro XSL. Suponho que não o consegue processar por forma a exibi-lo. Faz sentido. mas tudo o resto estava bem. A pesquisa é excepcionalmente rápida ( procurando em 90 ficheiros) e ofereceu resultados corretos, não procurando apenas no cabeçalho mas também no corpo dos ficheiros, mesmo em ficheiros PDF.

    Okay com este requesito fora do caminho, e com o Devonthink como o vencedor no negócio da importação, vamos ver como as aplicações funcionam com etiquetagem.

    O Journler mantém as etiquetas e categorias em adição à estrutura da directoria à esquerda. Não há muito a reportar excepto o facto que não pode seleccionar items e etiquetas múltiplas, tendo que escolher uma a uma. As pastas inteligentes podem salvar algum tempo, e funcionam mais ou menos como as pastas do mail.app.

    O voodoopad Lite olha para as coisas de forma diferente, uma vez que prefere organizar as coisas como um Wiki. A ideia no voodoopad é a de linkar palavras específicas ou frases completas a outros documentos. Não pode importar nada e todos os ficheiros pdfs e docs ficam de fora, ficando o utilizador com a tarefa de copiar e colar a informação. Tendo isto em mente a etiquetagem não faz muito sentido. Para dar a volta ao texto existe a lista de links mais úteis, e o motor de pesquisa é rápido e funcional.

    O Devonthink não usa etiquetas, depende de uma estrutura de pastas (chamadas “grupos”) e do seu motor de pesquisa bem afinado.

    Tal como indicado anteriormente funciona perfeitamente, com resultados correctos, e processa toda a informação em que consegue tocar.

    Assim não há um vencedor claro neste assunto. Depende muito das necessidades de cada utilizador. Se o utlizador é um ávido utilizador de etiquetas, o Journler é o único que aas suporta. Se um poderoso motor de busca é o suficiente, então o Devonthink supera com o voodoopad logo a seguir no segundo lugar, e na minha humilde opinião, apenas porque deixou alguma incerteza em como reagirá (e como os utilizadores irão interagir) no longo prazo com milhares de páginas carregadas. Talvez seja paranoia minha, mas creio que o que os meus sentidos apontam também vale de alguma coisa.

    OK! vamos seguir para o teste de edição de conteúdos. O que podem estas aplicações fazer?

    O Journler faz tabelas, bullets e mesmo Check boxes activas. Boa. É bastante fácil editar as tabelas e acrescentar linhas ou colunas, e embeber imagens basta um arrastar. Não existe capacidades de edição de PDF. Como extra (pelo menos para mim) poderá adicionar som e video a qualquer documento.

    O Voodoopad Lite faz tabelas e bullets, tal como Journler são fáceis de editar à vontade. Nãofoi capaz de aceitar um arrastar de uma imagem a partir de um browser para adicionar uma foto. buuu.

    Devonthink actua exactamente como o voodoopad, correctamente nas tabelas e listas mas no que toca ao arrastar de imagens, deixa apenas um link para a imagem no browser… buu outravez!

    Journler ganha este round.

    Guardar e Backups (oh e por gravar eu pretendo gravar o documento em edição, e backup uma cópia completa de todos os documentos no formato que seja comfortável para a aplicação).

    O Journler consegue fazer autosave de dados… mas nao faz backup automático.

    No Voodoopad Lite não está claro… mas como eu nunca gravei nada, e nunca me pede para gravar, assumo que grava quando se sai, no mínimo.

    Devonthink faz tudo

    Assim, Devonthink, esta é tua!

    Okay.. agora para a exportação de conteúdo.

    O journler exporta para uma série de formatos… desde texto simples, rft até word ou xhtml, mesmo para uma página web completa.

    Voodoopad exporta para páginas individuais, ou uma página específica de cada vez e para texto, XML ou IPOD!.

    O Devonthink exporta para rtf, texto simples, word ou como um website.

    O Journler e o Devonthink têm exactamente as mesmas funcionalidades aqui.

    Okay… Então qual é a minha linha final de decisão?

    Uma coisa é certa. Eu não usaria o Voodoopad lite para mais do que algo muito especifico. Um Wiki criado em casa pode parecer correcto em muitas sitações, mas para notas nãaaaa… não me deixou confortável.

    Assim fica resumido ao Devonthink e ao Journler. E numa nota pessoal eu tenho de admitir que vou continuar a usar o Journler – pelo facto de ser opensource e ser solido. Devonthink tem algumas funcionalidades interessantes que não mencionei neste pseudo-comparativo porque não lhes dou grande importância quanto a tomar notas. A Devon Technologies comercializa o Devonthink com a premissa que pode escalar para muito mais do que um programa de anotação. E realmente pode. As suas potencialidades são surprendentes. Mas para o acto simples de tomar notas pessoais, eu optaria pelo Journler.

    É uma escolha emotiva? Claro que é… mas também o é usar um Mac.

  • Apresentado em:
  • Retirado em:
  • Aspectos Positivos:

    O Devonthink é o mais capaz em quase todos as comparações, podendo escalar para uma aplicação muito completa, mas no caso em questão, para a simples recolha de notas, acaba por ser Overkill

    O Journaler acaba por ganhar o comparativo com base nas suas capacidades, e claro com um piscar de olho ao preço (Gratuito)

    Voodoopad lite uma boa implementação de um wiki doméstico, numa filosofia algo diferente. Bom comportamento sendo a versão gratuita.

  • Aspectos Negativos:

    Devonthink acaba por ser o mais caro do comparativo, (apesar de demonstrar o seu valor)

    O Voodopad acaba por ser o menos capaz na tarefa a que o FS se propunha.

  • Modelo comparativo:
Links úteis:
Fotos:

2 thoughts on “Freelance Samurai – Comparativo Devonthink/Journaler/Voodopad Lite

  1. Boa! ja me meti com esse jovem no blog dele. A review que recomendaste lida com 3 apps que eu nao mencionei, nomeadamente o Yojimbo que me lembro de ter experimentado à coisa de um anos mas nao causou impressão duradoura…ja nem me lembrava dela. as outras duas desconhecia por completo. :S

    Obrigado pela dica André. smile

Leave a Reply