Um novo Switcher… o BES / BEST

Bem, não será um switch completo mas fica a vontade…

Se forem ao número 3 do Marquês de Pombal (Lisboa) está lá um espaço “novo” com 3 meses do BES, destinado a artes, a um display da oferta BES , balcão e ainda um balcão do BEST, que é o único, ou melhor… o principal na capital portuguesa…

Ora sempre gostei do BEST porque num mercado financeiro incipiente como o Português, veio realmente inovar em grande escala abrindo a porta ao “pequeno investidor” a ferramentas como fundos internacionais de outros bancos, assim como os célebres mercados (nem sempre pelas melhores notícias) de futuros e opções internacionais…

Pois hoje tive que ir ao BEST, para avisar sobre a minha nova morada… qual não é o meu espanto quando entro no tal espaço Arte BES, olho à minha volta e só vejo… maçãs!

A ideia foi criar um espaço moderno, limpo, claro e um pouco estéril, afastando-nos da noção de banco como conhecemos… Pois em todas as mesas e balcões temos Apple Cinema Displays, teclados de alumínio e mighty mouses… parece tirado de um filme…

Mas isto não foi o melhor… chegados ao “balcão do BEST”, imacs… lindos, de alumínio, e uma menina a usar um…

Bem, se no BES era mesmo só fachada, com os periféricos ligados a computadores “normais” bastante bem escondidos debaixo das mesas, no BEST era mesmo um imac que a menina se servia… e havia mais dois para aceder ao site do BEST.

A menina não me deixou ver qual o OS que suportava o seu trabalho, e sinceramente nem me incomoda que seja o windows para assegurar a total compatibilidade com os sistemas centrais “legacy”. Por mim… é mission critical e trabalha… não mexe!!

Ainda tive tempo para me dirigir aos imacs de exposição, bloqueados ao browser, sem possibilidade de alt+Q, nem botão direito do rato… não foi bem o que estava à espera, mas saí de lá com um sorriso nos lábios…

Parece que afinal escolhi mesmo bem o meu banco!

Leave a Reply